Weby shortcut
Canal da FEN no YouTube
Perfil da FEN no Twitter
 evento CD barb.png

A Saúde da UFG fazendo a diferença na Atenção Primária: Qualificação em Crescimento e Desenvolvimento da Criança

Por Elson Santos Silva Carvalho. Criada em 07/05/19 16:58. Atualizada em 10/05/19 08:26.

O curso com três módulos, voltado para profissionais da Atenção Primária à Saúde, integrou as faculdades da área da saúde da UFG e a Regional de Saúde - Oeste II, do estado de Goiás. 


 

Profa. Dra. Bárbara Souza Rocha
Profa. Dra. Natália Del Angelo Aredes
Profa. Dra. Maria Goretti Queiroz
Profa. Dra. Ida Helena Carvalho Francescantonio Menezes
Profa. Dra. Thais Rocha Assis
Enf. Maria Aparecida de Oliveira Rodrigues
Prof. Dr. Sebastião Leite Pinto
Profa. Dra. Lusmaia Damaceno Camargo Costa

Revisão: Elson S. S. Carvalho

Encerramento Mod I.jpg
Encerramento do módulo I. Capturado por Barbara S. Rocha, mar. 2019

 

Entre Janeiro e Março de 2019, a Universidade Federal de Goiás, por meio das Faculdades de Enfermagem, Medicina, Nutrição e Odontologia, em parceria com a Regional de Saúde – Oeste II realizou o Curso de Qualificação em Crescimento e Desenvolvimento da criança para Profissionais da Atenção Primária à Saúde. O curso aconteceu em três módulos que tinham como objetivos discutir a atualização, planejamento, acompanhamento e vigilância do crescimento e desenvolvimento infantil além de fortalecer a atuação e a articulação dos profissionais de saúde das diferentes áreas em práticas colaborativas mais efetivas.

A Região de Saúde Oeste II Possui 13 municípios em sua jurisdição com a população variando de 1.430 (Cachoeira de Goiás) a 32.164 (São Luis de Montes Belos) habitantes, totalizando 112.423 habitantes nos municípios: Adelândia, Aurilândia, Buriti de Goiás, Cachoeira de Goiás, Córrego do Ouro, Firminópolis, Palmeiras de Goiás, Palminópolis, Paraúna, São João da Paraúna, São Luis de Montes Belos, Sanclerlândia e Turvânia.

Os módulos aconteceram na cidade de São Luís de Montes Belos, com carga horária final de 24h de formação. Cada módulo foi repetido durante três dias consecutivos para que todos os 150 profissionais pudessem participar da qualificação, sem prejuízo do atendimento da população. O módulo I aconteceu em Janeiro, o módulo II em Fevereiro e o módulo III em Março de 2019, integrado a projeto de extensão que certificará os profissionais participantes.

A qualificação foi pensada e executada por professores das áreas de saúde da criança e saúde coletiva das unidades acadêmicas: Faculdade de Enfermagem (Profa. Dra. Natália Del Angelo Aredes e Profa. Dra. Bárbara Souza Rocha), Faculdade de Odontologia (Profa. Dra. Maria Goretti Queiroz), Faculdade de Nutrição (Profa. Dra. Ida Helena Carvalho Francescantonio Menezes), Faculdade de Medicina (Prof. Dr. Sebastião Leite Pinto, Profa. Dra. Lusmaia Damaceno Camargo Costa, Profa. Dra. Thais Rocha Assis, Profa. Dra. Alessandra Vitorino Naghettini, Profa. Eliane Terezinha Afonso) e Hospital das Clínicas (Residentes: Beatriz Ferreira Carvalho e  Cinthia Bernardo Queiroz e a Médica Pediatra Marla Moreira de Avelar). Apoiou a ação o Técnico Administrativo Mauro Molina Pedroso, diretor do Campus avançado da UFG em Firminópolis e os idealizadores e organizadores da ação foram os profissionais da Regional de Saúde – Oeste II: Keyla Rodrigues Domingos (Coordenadora Geral) Maria Aparecida de Oliveira Rodrigues (Coordenadora da Atenção a Saúde), Tânia Laila Pacheco de Rezende (Coordenadora de Educação Permanente) e Maria das Graças Ferreira.

Participaram do curso os profissionais dos 13 municípios que compõem a Regional Oeste II entre eles enfermeiros, médicos, odontólogos, psicólogos, fisioterapeutas, educadores físicos, fonoaudiólogos, assistentes sociais e os coordenadores da Atenção Básica dos municípios. Esses profissionais em sua maioria atuam nas unidades de Saúde da Família, nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família – NASFs, em centros de referência e em outras unidades da rede de atenção do SUS.

Por meio de metodologias ativas de ensino, os professores utilizaram diferentes estratégias para fortalecer o conhecimento da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança- PNASIC e promover o planejamento coletivo do acompanhamento de crescimento e desenvolvimento infantil nas unidades de saúde, como também motivar os profissionais para práticas mais colaborativas e interprofissionais no atendimento a criança. Entre as estratégias utilizadas destacam-se a metodologia da problematização para levantamento dos desafios e demandas dos profissionais, ferramentas de gestão, exposição dialogada, trabalho em grupos e simulação clínica.

Um mês depois do encerramento das atividades, os resultados da ação de educação permanente já estão sendo colhidos: os profissionais de saúde dos municípios participantes sinalizaram por meio de fotos enviadas à UFG, a mudança no atendimento feito às crianças durante a realização do CD e incorporação de boas práticas discutidas no curso.  

 

As fotos retratam a implementação de ações de cuidado a esta população que foram planejadas e discutidas durante o curso por todos os profissionais de saúde presentes, reforçando o caráter multiprofissional ao acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento infantil. Na visão da Prof. Dr. Maria Goretti Queiroz (FO/UFG) durante a capacitação os profissionais foram incentivados a construir propostas de intervenção possíveis e perceberam que as mudanças iniciam por pequenas ações que vão se potencializando por meio do comprometimento da equipe de saúde. As fotos comprovam o potencial transformador das “pequenas ideias”. Os depoimentos demonstram e explicam o resultado e as potencialidades: 

 

Ficamos muito felizes com a participação dos profissionais de saúde nos encontros e com o engajamento destes em fortalecer os atendimentos às crianças, sobretudo considerando a política nacional de atenção integral e a meta de zerar a mortalidade infantil por causas evitáveis, divulgada pela ONU na agenda 2030.

Profa. Dra. Natália Del Angelo Aredes (FEN-UFG)

É muito gratificante ver a universidade plantando conhecimento e colhendo ação por meio da integração ensino-serviço-comunidade. Eu acredito em processos como esse: as fotos estão aí para comprovar

Prof. Dra. Bárbara Souza Rocha (FEN-UFG)

A construção do curso a partir da realidade de cada serviço possibilitou momentos de reflexão e construção de propostas viáveis e possíveis de serem implementadas na rotina dos serviços. Colocar em prática a responsabilidade social da Universidade foi um desafio estimulante.

Prof. Dra. Ida Helena C. F. Menezes

 

A Região de Saúde Oeste II, ansiava pela realização de Capacitação sobre Crescimento e Desenvolvimento aos Profissionais de Saúde. Foi com enorme satisfação, que apoiados pela Universidade Federal de Goiás, concretizamos este sonho, realizar um trabalho em educação permanente, de fato, totalmente voltada para a modificação dos processos de trabalho, com foco na prestação de serviços, em tempo e local oportunos e de qualidade, voltada a satisfazer as necessidades de nossa população, onde o profissional de saúde se empoderou da governança sobre seus atos e se viu como um verdadeiro protagonista da Atenção à Saúde.

Keyla Rodrigues Domingos

Coordenadora geral da Regional de Saúde - Oeste II

 

Conteúdo compartilhado com https://www.medicina.ufg.br/n/116349-curso-de-qualificacao-em-cd-parceria-ufg-e-regional-de-saude-oeste-ii, por release.

 

Fonte: Profa. Dra. Bárbara Souza Rocha

Categorias: notícias

URL relacionada: https://fen.ufg.br/n/116368-a-saude-da-ufg-fazendo-a-diferenca-na-atencao-primaria-qualificacao-em-crescimento-e-desenvolvimento-da-crianca