Liga Lute

Histórico:

A Liga de Urgência, Trauma e Emergência (LUTE) foi fundada em maio de 2019, apresentada ao público na Conferência Livre Municipal em 06 de Junho de 2019 no Centro Classe D (CAD) da Universidade Federal de Goiás, com abordagem do tema "Eliminar a superlotação dos serviços de urgência e a crise de acesso hospitalar como violação massivo e sistemática dos direitos humanos". O evento teve como público alvo trabalhadores de saúde dos diversos componentes da Rede de Pronto Atendimento, usuários do sistema de saúde, comunidade acadêmica, organizações não governamentais (ONGs) que atuam em áreas relacionadas ao pronto atendimento, gestores de hospitais e serviços de saúde, gestores municipais e estaduais, conselheiros estaduais e municipais de saúde, defensores públicos e Ministério Público. 

A I Jornada Científica e o I Curso Introdutório da LUTE ocorreu no dia 28 de junho de 2019 no Batalhão de Salvamento e Emergência (BSE) em Goiânia, com a realização de oficinas sobre reanimação cardiopulmonar (RCP), extração de vítima de acidente automobilístico e imobilização de membros em casos de fraturas. A primeira extensão aconteceu em 11 de julho de 2019, no parque Vaca Brava, em Goiânia, em parceria com Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em comemoração ao Dia do Socorrista. 

 

Contexto para o surgimento da liga:

Surgiu a partir da necessidade de capacitar leigos e profissionais de saúde sobre SBV, visto que a parada cardiorrespiratória permanece como uma das emergências cardiovasculares de grande prevalência e com morbidade e mortalidade elevada (SBC, 2019). Além disso, o índice de sobrevivência está diretamente ligado ao tempo entre a ocorrência da PCR e o início das manobras de RCP (NOGUEIRA etal., 2018). 

 

Objetivos:

I- Contribuir para formação dos estudantes da área da saúde, promovendo atividades que contemplem a interação entre o ensino, pesquisa e extensão, de forma multidisciplinar, focando suas atenções nas áreas de urgência, emergência e trauma. 

II- Instigar a comunidade acadêmica e profissionais de saúde a produzir conhecimento científico nas áreas de urgência, emergência e trauma, sobretudo reconhecimento de uma PCR e realizar RCP. 

III- Realizar atividades de extensão nas unidades de urgência da região metropolitana de Goiânia - GO. 

 

Metodologia:

A LUTE realiza capacitações sobre primeiros socorros e suporte básico de vida (SBV) para leigos e profissionais de saúde, por meio de oficinas teórico-práticas (material impresso, slides e manequins). Os principais temas abordados são: reanimação cardiopulmonar, afogamento, obstrução de vias aéreas por corpo estranho, síncope, crise convulsiva, fraturas, queimaduras, crises hipo/hiperglicemias  e hipo/hipertensivas. 

Além disso, os alunos atuam diretamente na assistência a paciente críticos nas unidades de pronto atendimento (UPA), no acolhimento e classificação de risco, sala de eletrocardiograma, sala de satura e curativo, sala de medicamentos e sala vermelha. 

Os membros são capacitados sobre os temas relacionados à urgência e emergência pelo SAMU, Corpo de Bombeiros Militar e pelo Serviço Integrado  de Atendimento ao Trauma e Emergência (SIATE). Além disso, são realizadas pesquisas sobre o tema. 

 

Resultados ao longo do tempo:

Estima-se que a LUTE tenha capacitado aproximadamente 2.500 pessoas sobre primeiros socorros e suporte básico de vida nos parques, escolas, creches e clínicas. 

Além das atividades presenciais de ensino, foram realizadas aulas abertas, jornadas e simpósios transmitidos pelo Youtube Oficial da UFG e da LUTE, atingindo aproximadamente 1,4 visualizações. Na pesquisa, tiveram submissões e apresentações de mais de 25 resumos em eventos científicos. 

Em destaque, torna-se evidente a importância da LUTE na disseminação de conteúdos relacionados à urgência e emergência, visto a aproximação entre a produção acadêmica e a comunidade.