Weby shortcut
Logo FEN/UFG site
Colação de Grau

Confira como foi esse evento inesquecível!

Criada em 01/02/19 13:57. Atualizada em 01/02/19 14:25.

Motivação para influenciar positivamente o mundo:

um olhar sobre a cerimônia de Colação de grau da Enfermagem – Turma 48/2018

 

 

Na noite de quinta-feira, 24 de janeiro de 2019, mais um grupo de enfermeiros foi formado pela Faculdade de Enfermagem. A oradora Jéssica Oliveira Cecílio agradeceu com muita elegância à formação diferenciada que receberam e a honra em representar os profissionais de qualidade que os precederam. Explicou sobre a importância do momento:

Colação de Grau 

"Se trata, na verdade, da celebração de um agrupamento de pessoas que têm sido corajosas o suficiente para dizer sim a uma vida com significado. E talvez o que em suma eu queira dizer hoje para meus queridos colegas é: perseverem! Não desistam nunca de ser pessoas com significado, pois essas pessoas podem mudar o mundo ao seu redor".

Teve muita sagacidade ao explicar o seu tempo. Numa época em que predominam as velocidades e pressas na comunicação dos digitais influencers, incitando opiniões supérfluas sobre tudo em redes sociais, falou de uma influência que forma e transforma, ao se referir aos seus educadores. E estendeu essa responsabilidade ao ofício que se iniciará com a entrega do certificado.   

O discurso emocionado da Diretora, Profa. Dra. Claci Weirich Rosso, reafirmou o privilégio dos 30 formandos, que agora compõe o seleto grupo dos 15% dos que galgam o ensino superior no Brasil. Tratou da honra de ser enfermeiro e dos desafios da profissão.

Colação de Grau

“Quero saudar nosso Magnífico Reitor Professor Doutor Edward Madureira Brasil e ao saudá-lo estendo às demais autoridades da mesa diretiva. Gostaria também de desejar uma boa noite também a todos os presentes, em especial cumprimento os formandos, seus familiares, amigos. Agradeço a presença dos professores, técnicos administrativos e demais estudantes da faculdade de enfermagem.  É com imensa alegria que nesta noite estamos aqui para celebrar a colação de grau da Turma 48 da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás.

Mas qual o significado desta cerimônia da colação de grau?

Trata-se principalmente de um ritual para apresentar à sociedade um novo grupo de profissionais.  

Portanto, neste momento simbolicamente por este ritual vocês deixam de ser estudantes e assumem oficialmente o papel de enfermeiros e enfermeiras.  

Vocês pararam para pensar o que isso significa?  

Certamente sim, durante os cinco anos do curso de graduação em enfermagem vocês tiveram várias oportunidades para refletir e debater sobre o significado disso: ser enfermeiro, que se concretiza hoje nesta solenidade.  

Com certeza este momento pode ser considerado um dos mais importantes da vida de vocês e de qualquer cidadão, pois a educação e principalmente a formação no ensino superior é capaz de transformar a vida das pessoas, de uma família, de uma comunidade e de uma sociedade.   

Vocês fazem parte de um grupo seleto, pois apenas 15% de brasileiros alcançam a formação em nível superior em instituições públicas e privadas. Sintam-se vitoriosos.  

Portanto, hoje os holofotes estão voltados para vocês formandos, que recebem a honra e responsabilidade de enfermeiras e enfermeiros, por isso eu gostaria de contribuir mais uma vez incentivando-os a observar essa profissão sob esta perspectiva que a partir de agora será fundamental para uma carreira de sucesso. 

Estou me referindo especialmente às inúmeras oportunidades e desafios que vocês poderão encontrar. As oportunidades vão além do cuidado humanizado, atencioso e responsável aos pacientes e se estendem à possibilidade de uma carreira de sucesso envolvendo vários espaços da área da saúde seja ela na área hospitalar, atenção primária à saúde, na gestão dos serviços públicos e privados, na iniciativa privada como profissional liberal ou como educadores e pesquisadores na construção de conhecimentos científicos. Os desafios são vários, e apenas a sua capacidade de superá-los e de se manter motivado é que fará de vocês profissionais capazes de gerar mudanças reais na sociedade. 

Dessa forma quero convidá-los a conquistar espaços sempre por meio do merecimento, não tenham pressa, trabalhem muito, e mereçam as suas conquistas.   

Quero lembrar a todos que exercemos uma profissão considerada relativamente recente entre as diversas profissões da área da saúde. Ainda assim, hoje representamos a maior força de trabalho na saúde brasileira, portanto somos mais de dois milhões de profissionais de enfermagem.  

Por esse motivo quero encorajá-los a inovar sempre nesta profissão, ocuparem lugares de liderança e de protagonismo, não temerem os desafios e superá-los por meio do conhecimento, da ética e do trabalho. Respeitem as diferenças, trabalhem sempre com o coletivo e não percam de vista a individualidade enquanto fortaleza de cada cuidado. 

 Quero ainda dizer que a Faculdade de Enfermagem da UFG será sempre a vossa casa. Vocês estão se graduando em uma faculdade respeitada no país e que tem sido avaliada pelo Guia do Estudante como uma instituição pública de ensino superior cinco estrelas, portanto, tenham orgulho da profissão que conquistam após anos de estudo e lutas pessoais diárias.

 Tenham orgulho de si mesmos como profissionais, porque certamente seus pais e professores estão orgulhosos de verem vocês se formando como Enfermeiras e Enfermeiros. 

Os enfermeiros devem se concentrar naquilo que é sua maior força, o cuidado. O cuidado necessariamente é baseado no relacionamento humano, repleto de diálogo e de compaixão. Devido a essa visão singular do cuidado é que a tecnologia nunca substituirá os enfermeiros, embora ela deva auxiliá-los no seu cotidiano de trabalho. 

Nesse sentido gostaria de citar nossa poetisa goiana Cora Coralina, que diz: 

Se temos de esperar, que seja para colher a semente boa que lançamos hoje no solo da vida. Se for para semear, então que seja para produzir milhões de sorrisos, de solidariedade e amizade.”   

E ainda: 

Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves na alma.”  

Sendo assim,

encerro minha fala dizendo: cabe a vocês, enfermeiros, proporcionar os toques suaves na alma daqueles que estão vivenciando os golpes duros da vida.

Parabéns e sucesso a todos”.

Continuou sua participação apontando que a motivação para superar as dificuldades é que gerará mudanças reais à nossa sociedade. Buscar o mérito, sem pressa, atentos à inovação, às contribuições que as novas tecnologias podem ofertar nesse aprimoramento. Assim lugares estratégicos serão ocupados, desde que aceitem o protagonismo com ética, respeito e solidariedade. A Profa. Claci representou o orgulho dos docentes e técnico-administrativos da Faculdade de Enfermagem que, igualmente emocionados, rememoram a trajetória de construção do qual foram ativos partícipes.   

O Prof. Dr. Edward Madureira Brasil, Reitor da Universidade Federal de Goiás, aproveitou a oportunidade para reapresentar o porte e desafios da maior instituição de ensino e pesquisa do Estado. Ainda, o compromisso com a justiça e a democracia, bem representada na luta pela autonomia universitária. Faz dois pedidos:

Colação de Grau

"Um, é que vocês sejam, para sempre, UFG. E o outro é que vocês lembrem sempre de que para estarem sentados aqui, (...) milhões de pessoas que não pode(rão) jamais ver os seus filhos sentados aqui contribuíram para isso, mantendo essa instituição. Lembrem-se disso: precisamos construir um mundo mais justo, solidário e melhor. E vocês são peças-chave nessa construção".

Foi uma noite memorável, digna das 47 cerimônias que a antecederam. Fica a sensação em todos de que vale a pena continuar e que, com mais esses enfermeiros, continuaremos a ser a referencial em excelência na formação de profissionais. Não temos dúvidas que, como todos destacaram em suas homenagens, esse grupo mudará o mundo. A alma mater segue, orgulhosa, aberta para recebê-las em novos desafios e pronta para aplaudir o que virá em seguida. Boa sorte, turma 48!

Fonte: Direção

Categorias: Notícias